Combustível Para Alugar

Posto de combustível para alugar – é uma boa ideia?

Nosso país utiliza muito mais as rodovias do que outros meios de transporte e, diante disso, buscar um posto de combustível para alugar ou arrendar é um negócio bastante interessante e lucrativo.

O aluguel de um posto de combustível é uma operação bastante simples, facilitando a vida de um empreendedor que, dessa forma, não irá precisar investir em equipamentos, insumos ou ferramentas, podendo utilizar apenas seus conhecimentos para exercer a atividade.

Quando um empreendedor negocia um posto de combustível para alugar, deve montar sua empresa, negociando com o proprietário todos os bens que serão utilizados e a forma como esses bens farão parte do contrato, ou seja, poderá estabelecer um valor fixo, utilizando todos os equipamentos e usufruindo da estrutura necessária, negociando melhorias e tornando o empreendimento mais lucrativo.

A legislação brasileira estabelece alguns critérios para esse tipo de contrato. O Código Civil determina que, para que um posto de combustível para alugar tenha um contrato legalizado, é necessário que o contrato seja feito por escrito, sendo depois registrado na Junta Comercial, com publicação no Diário Oficial do Estado.

Trata-se de um contrato de arrendamento e, dessa forma, deve ser elaborado por um profissional capacitado, como um contador ou um advogado, levando em conta tudo o que tenha sido acordado entre o proprietário e o locatário que, nesse caso, é denominado arrendatário.

As cláusulas do contrato devem estabelecer todas as condições negociadas, principalmente prazo de vigência, valores, data de pagamento do aluguel e responsabilidade do arrendatário sobre os equipamentos. Durante o período em que o posto de combustível para alugar estiver sob a responsabilidade do locatário, o proprietário não poderá se tornar concorrente direto, situação que possibilita um trabalho sem maiores preocupações.

Como fazer com um posto de combustível para alugar

Uma das facilidades no arrendamento de um posto de combustíveis é que se trata de um tipo de atividade que possui clientela constante. Os clientes, de uma forma geral, procuram maior praticidade e, portanto, o arrendatário não irá precisar de maior divulgação, principalmente quando tiver um posto de combustíveis para alugar que já esteja em funcionamento.

É uma atividade que oferece excelentes oportunidades de lucro, que oferece facilidades para o arrendatário, já que não será preciso investir em equipamentos ou mesmo conseguir licenças que, nesse tipo de atividade, são muito exigentes e bastante complexas.

Claro que, antes de formalizar o contrato, é necessário ter uma série de cuidados, considerando todos os fatores e avaliando a situação do posto de combustível para alugar, como podemos destacar a seguir:

Estrutura do estabelecimento

O arrendatário deve avaliar a estrutura do estabelecimento, analisando todos os pontos básicos para poder começar suas atividades, inclusive verificando se o local vai precisar de alguma reforma e considerar o seu custo.

O estabelecimento deve possuir todos os equipamentos necessários, como tanques de armazenamento de combustível, filtros e bombas, compressores, instrumentos de calibração e balança de ar, entre outros.

O arrendatário deve ter em mente que, quanto mais serviços puder oferecer aos seus clientes, mais lucratividade irá conseguir e, assim, deve proceder a uma análise criteriosa do posto de combustível para alugar.

Fluxo de clientes

No caso de ser um posto já em funcionamento, é necessário avaliar o fluxo de clientes, analisando se a receita será suficiente para sua manutenção. Se não tiver funcionando, é necessário fazer uma projeção de receita, considerando a localização, o fluxo de veículos e a possibilidade de crescimento.

Além disso, a localização é um dos fatores mais importantes, já que um estabelecimento que não tenha facilidade de acesso irá tornar mais difícil manter o negócio com boa lucratividade.

Área que pode ser utilizada

Em um posto de combustível para alugar é essencial analisar o tamanho da área que pode ser utilizada, possibilitando a implantação de novas ideias de ocupação. Assim, por exemplo, um posto destinado a veículos de carga deve ter dimensões suficientes para acomodar diversos caminhões e carretas, diferentemente de um posto de veículos pequenos.

Análise do movimento anterior

Retornando à questão de um posto que já está em funcionamento, o arrendatário deve analisar o volume de vendas anterior e, na hipótese de não ter um resultado tão favorável, verificar as melhorias necessárias para captação de novos clientes.

Contrato com distribuidoras

Um dos pontos básicos para dar continuidade aos negócios é analisar o contrato com a distribuidora de combustíveis responsável pelo abastecimento. O arrendatário deverá negociar um novo contrato, tendo em mãos o volume anterior de vendas, que é um dos fatores mais importantes.

Nesse caso, o arrendatário deve ter também um plano de negócios, que deve ser apresentado na negociação do contrato de fornecimento, garantindo melhores condições de negociação.

Prazo do contrato e prioridade na renovação

O posto de combustível para alugar deve ser um investimento a longo prazo, ou seja, é necessário que haja possibilidade de renovação e, além disso, deve ser também analisado criteriosamente o contrato feito antes com a distribuidora.

O arrendatário deve analisar a situação do estabelecimento junto à distribuidora, verificando seus direitos e obrigações, o tempo determinado para o contrato e as especificações de abastecimento.

Análise de due diligence

Antes de formalizar o contrato, o arrendatário deve solicitar a uma empresa especializada a análise de due diligente, ou seja, a investigação sobre a empresa anterior com relação a toda a situação da empresa, tanto dos aspectos visíveis quanto dos não visíveis, verificando sua real condição, garantindo, assim, maior segurança à operação de arrendamento.

Por que analisar a viabilidade de um posto de combustível para alugar?

Em um posto de combustível para alugar, o arrendatário deve ter certeza absoluta de que está fechando um bom negócio. Trata-se, como dissemos, de um empreendimento que pode gerar lucratividade suficiente para que o empreendedor, futuramente, possa fazer sua aquisição ou mesmo investir em um negócio totalmente seu.

A análise de toda a situação irá permitir elaborar um plano de negócios que ofereça resultado em curto, médio e longo prazo, permitindo ao empreendedor conseguir seus objetivos e ter sucesso em seu novo empreendimento.

Em caso de dúvidas, fale com a Ápice! Podemos te ajudar a começar o seu investimento da forma correta.

 

Sucesso e até breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *