Isenção De Impostos

Isenção de Impostos – como funciona?

Se existe algo de que todos se queixam no Brasil, é do pagamento de impostos. Isso porque nosso país é um dos que lidera o ranking dos que cobram os impostos mais altos de todo o mundo. Os gestores de empresas, inclusive, se queixam muito disso, e normalmente cogitam pedir isenção. Mas, como funciona a isenção de impostos?

Realmente é possível pedir isenção de impostos, mas nem todos sabem disso. O que as pessoas também não sabem é que existem algumas restrições para essa solicitação. Confira aqui quais são elas e como isso tudo funciona.

Isenção de Impostos

Você conhece todos os impostos que paga? Bom, a verdade é que eles são tantos que fica difícil conseguir saber exatamente quais são todos eles.

No entanto, podemos citar alguns muito famosos, como, por exemplo:

  • ICMS (Impostos referentes à circulação de mercadorias e prestação de serviços)
  • COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social)
  • RPF (Impostos sobre Renda e proventos de qualquer natureza – Pessoa Física)
  • ISS (Impostos sobre serviços)

Esses são alguns dos muitos impostos que pagamos cotidianamente. A boa notícia é que, em alguns casos, é possível pedir isenção.

O que é?

A isenção de impostos nada mais é do que simplesmente solicitar o não pagamento deles. No entanto, não se pode simplesmente pedir e pronto. Você deve alegar que tem uma necessidade especial, e, por isso, não pode arcar com o pagamento de certos impostos.

Portadores de deficiência física

Pessoas que podem certamente pedir isenção de impostos são portadores de deficiência física. Tudo o que esses indivíduos precisam fazer é comunicar a Receita Federal, comprovando sua situação. A receita inclusive tem realizado melhorias para agilizar a resolução desse processo de solicitação de isenção de impostos para portadores de deficiência física.

Reaver parte do dinheiro

Se você não é um deficiente físico, mas é um empresário que paga impostos há muito tempo, pode solicitar a devolução de parte do dinheiro que já gastou quitando tributos.

Outra alternativa é não pagar os impostos que não são obrigatórios. Difícil é saber quais impostos são esses! Mas, não tema. O tópico abaixo detalha uma solução eficiente para contornar esse desafio.

Ajuda profissional

Se você se interessou pela última alternativa citada em relação aos impostos, como o fato de não pagar por aqueles que não são obrigatórios, saiba que o melhor que pode fazer é contratar um serviço profissional em contabilidade.

Só um contador saberá analisar seus impostos pagos e definir quais não são obrigatórios. Além disso, não se trata simplesmente de não pagar e pronto. Você precisa saber que justificativas dar à receita, e disso, o contador sabe bem.

Sem contar o fato de que não existe nada melhor do que deixar a contabilidade da sua empresa nas mãos de quem realmente entende do assunto, não é mesmo? Pois então, não perca mais seu tempo.

Para saber mais sobre isenção de impostos, quais não são obrigatórios e muito mais, conte com ajuda da Ápice. Nós podemos te auxiliar e orientar da forma correta para transformar o seu negócio em uma empresa de pleno equilíbrio financeiro.

Saiba também como pedir incentivos fiscais para a sua empresa.

Sucesso e até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *