Recuperação De Crédito Tributário

Que tipos de negócio podem utilizar a recuperação de crédito tributário?

O Brasil é um dos países que lidera o ranking dos que cobram o maior número de impostos em todo o mundo, e disso as pessoas estão cansadas de saber. Mas, o que muitos não sabem, inclusive gestores, é que existe um meio de recuperar parte desse dinheiro. Aqui você descobrirá que tipos de negócio podem usar a recuperação de crédito tributário.

Sim, é possível de ser feito, e o melhor de tudo é que é totalmente lícito. O problema é que muitos gestores desconhecem os seus direitos e, pensando nessa necessidade, consideramos interessante falar um pouco sobre o assunto e sobre quais empresas podem utilizar desse artifício.

Recuperação de Crédito Tributário

Se você é um empresário e chegou à conclusão de que pagou mais impostos do que deveria, saiba que existe um meio de recuperar esse dinheiro, ou melhor, parte dele, a partir de vias judiciais ou administrativas.

Mas, como saber se a sua empresa está entre as que podem utilizar a recuperação de crédito tributário?

Que tipos de negócio podem utilizar a recuperação de crédito tributário?

Não importa de qual segmento a sua empresa seja, e também não importa se é de:

  • Pequeno;
  • Médio;
  • Grande porte.

Você, como empresário, não só pode, como deve utilizar a recuperação de crédito tributário. Portanto, se você vive reclamando que já gastou muito dinheiro com o pagamento de impostos, chegou o momento de reaver parte do seu dinheiro.

E o melhor: isso não depende de segmento ou porte!

O que é preciso para conseguir essa recuperação?

É necessário fazer um pedido oficial, mas antes disso, é de extrema importância realizar uma revisão tributária na empresa. Isso inclui cruzar diversos dados e consultar a jurisprudência.

Feito isso, é aí que a empresa faz o pedido Eletrônico de Restituição, Ressarcimento ou Reembolso e Declaração de Compensação (PER/DCOMP) para a Receita Federal.

Em quanto tempo consigo reaver o dinheiro?

Isso na verdade é uma incógnita, por isso, tantos empresários às vezes nem tentam pedir a recuperação de crédito tributário.

Pode demorar para que a Receita Federal avalie o seu pedido, no entanto, é aconselhável entrar com uma ação judicial, que faz com que a Receita analise seu pedido com mais urgência.

Receio dos empresários

Outro motivo pelo qual muitos empresários não solicitam a recuperação de crédito tributário é o receio de despertar a curiosidade da Receita Federal, e de que esse órgão faça uma fiscalização no negócio em questão.

Por isso, antes de fazer o pedido oficial da recuperação de crédito tributário, é aconselhável realizar uma análise tributária na empresa para verificar se está tudo de acordo com o planejado, dentro da legalidade, e assim, poder fazer o pedido oficial à Receita sem nenhum tipo de temor.

Agora você já sabe que tipos de negócio podem utilizar a recuperação de crédito tributário. Aproveite as dicas e não espere mais para reaver o seu dinheiro.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Ápice! Será um prazer te ajudar a reaver o dinheiro que você já gastou com impostos.

Conheça mais sobre a análise tributária.

Sucesso e até breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *