Reduzir Custos Em Supermercado

O GUIA DEFINITIVO SOBRE REDUZIR CUSTOS EM SUPERMERCADOS!

Eliminar gastos desnecessários é essencial para a saúde financeira de um negócio, mas não apenas em tempos de crise: afinal, se você espera a situação ficar crítica para começar a economizar, são maiores as chances de que os cortes precisem ser feitos sem o devido planejamento. Nesse caso, é grande o risco de que a redução de custos afete a qualidade dos seus produtos e até o crescimento do supermercado.

O ideal para reduzir custos em supermercado é manter um forte – e frequente – controle sobre os gastos, identificar contas que podem ser diminuídas e eliminar despesas que não são necessárias. Quer saber como fazer isso com ações simples, que podem ser facilmente incluídas na rotina do negócio? Acompanhe a leitura deste guia!

6 passos para reduzir custos em supermercados sem comprometer o crescimento 

  1. Aumente o controle sobre o seu estoque

Errar no controle do estoque pode resultar em grandes prejuízos para o supermercado. Se faltam itens que são muito procurados, oportunidades de vendas são perdidas, sobram produtos e parte do capital fica preso.

Como existem muitas mercadorias perecíveis no supermercado, há, ainda, o risco de que os itens em excesso no estoque estraguem, o que compromete o lucro do estabelecimento.

Uma das maneiras mais eficientes de reduzir custos em supermercados é aumentando o controle sobre o estoque. A compra de novos produtos deve ser baseada nas vendas, nas tendências de mercado e na época do ano (sorvetes, por exemplo, costumam ter mais saída nos meses mais quentes, e, no dia das mães, há uma grande procura por flores).

Para reduzir custos em supermercados, é preciso começar pelo estoque: controle a saída dos produtos (para evitar perdas ou roubos), o prazo de validade dos itens armazenados, e, também, busque estratégias para aumentar a precisão sobre as quantidades compradas.

  1. Avalie os seus fornecedores

Não vale a pena manter uma mesma lista de fornecedores por anos só porque há comodidade na negociação. De tempos em tempos, é importante pesquisar a concorrência. Será que não existem empresas oferecendo o mesmo produto por preços melhores?

Isso vale tanto para os fornecedores de quem você compra os produtos que ficam nas gôndolas quanto para aqueles que fornecem materiais de escritório, limpeza e demais produtos utilizados rotineiramente no estabelecimento.

Mas fique atento à qualidade das mercadorias antes de fazer uma troca de fornecedor. Além de preços melhores, os produtos da nova empresa devem ser, no mínimo, tão bons quanto os vendidos pela antiga.

Também é indicado verificar o contrato dos seus antigos fornecedores. Procure negociar descontos em produtos comprados em grandes quantidades e condições de pagamento mais flexíveis.

  1. Faça da internet uma aliada

Você pode expandir o seu supermercado gastando pouco. Use a internet para isso: basta criar um site com todos os produtos vendidos no estabelecimento, separados por categoria.

Também é importante contar com um bom sistema de entrega e deixar claro quais são as localidades em que o serviço é oferecido. Dessa forma, você aumenta o seu público de potenciais clientes sem precisar investir com a abertura de novas filiais.

A internet também pode contribuir para redução de custos de marketing. Você pode atrair a atenção de milhares de novos compradores utilizando ferramentas digitais. Já pensou na economia que isso pode refletir nas despesas com propaganda tradicional?

  1. Diminua a conta de água

Também é possível reduzir custos em supermercados mudando a forma como os recursos de água e a luz são utilizados no estabelecimento.

Para evitar contas de água mais altas do que o necessário, vale a pena fazer uma inspeção para encontrar e reparar possíveis vazamentos. Também é importante trocar peças por modelos mais econômicos. Há a possibilidade de usar uma descarga com economia de água, por exemplo, ou um redutor de vazão nas pias, para reduzir a quantidade que sai da torneira.

  1. Diminua a conta de luz

Também existem algumas práticas eficientes para garantir economia na conta de luz:

  • Instale sensores de presença em áreas comuns, como corredores, para evitar que as luzes fiquem ligadas desnecessariamente.
  • Use cores claras nas paredes de todos os ambientes e aproveite a luz natural ao máximo (janelas em pontos estratégicos ajudam com isso).
  • Utilize lâmpadas de baixo consumo, como os modelos LED, e mantenha as luminárias sempre limpas para garantir que a luminosidade será total.
  • Troque os equipamentos utilizados, como refrigeradores, por modelos mais modernos e que apresentem função de economia de energia.
  • Considere instalar portas com sensor de presença ou cortinas de ar. Assim, no verão, o ar condicionado não precisará ser utilizado em sua potência máxima.

Vale lembrar que reduzir custos em supermercados pelas contas de água e luz só é possível quando há o apoio de todos os funcionários. Reuniões para falar sobre o assunto e pedir a colaboração de todos são importantes.

  1. Organize as contas

É fundamental destacar que os cortes nas despesas devem ser bem planejados ao reduzir custos em supermercados. Eles não devem prejudicar nem as atividades que geram receita, nem a qualidade dos serviços e produtos oferecidos ao consumidor. Para garantir isso, é preciso conhecer muito bem os seus gastos e principais fontes de lucro.

Contar com uma empresa de contabilidade pode ser o diferencial para que o supermercado, de fato, consiga manter as finanças positivas e planejadas. Esta organização é essencial para que os gastos que precisam ser eliminados sejam visíveis e o corte nos custos algo sustentável, que realmente contribua para que o estabelecimento cresça.

A experiência trazida pela empresa de contabilidade também influencia para que o seu negócio não desperdice dinheiro por falta de conhecimento. Existem muitas regras envolvidas no pagamento de impostos, por exemplo. A complexidade pode causar confusão na hora de pagar as taxas de forma correta. Contar com o apoio de uma empresa especializada em contabilidade para supermercados é a melhor estratégia para garantir que você pague apenas aquilo que deve, sem correr o risco de ter que arcar multas ou de deixar o supermercado em situação irregular com a receita.

E você, como busca reduzir custos em seu supermercado? Compartilhe a sua experiência no assunto e até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *