Gestão De Postos De Combustível

Gestão de Postos de Combustível – como evitar a perda de clientes e de resultados?

A gestão de postos de combustível, certamente, não é tão simples quanto parece. O empreendimento pode ser extremamente lucrativo e conseguir bons resultados, desde que não se cometam alguns erros bastante comuns.

O proprietário ou administrador do posto de combustíveis precisa prestar atenção em todos os detalhes, principalmente com sua equipe de funcionários, além, evidentemente, de cuidar de outras necessidades, como a negociação com fornecedores, o estabelecimento de parcerias e o atendimento aos clientes.

A seguir, você vai conhecer os erros mais comuns na gestão de postos de combustível e o que fazer para evitá-los:

1.   Não conhecer a equipe de funcionários

A equipe de funcionários é a base sobre a qual o proprietário consegue sedimentar o seu empreendimento. Portanto, não conhecer bem a equipe é um dos erros que não devem ser cometidos na gestão de postos de combustível.

O administrador deve avaliar o desempenho de cada um deles, conhecendo suas habilidades e conhecimentos, dedicando um tempo para conhecer cada um deles, desde os frentistas até o gerente, passando por quem atua na loja de conveniência e por quem trabalha com a administração.

2.   Considerar os funcionários como subordinados

As empresas vêm adotando o termo “colaborador” para se referir aos funcionários e essa colocação não é apenas uma forma de aliviar ou de considerar que não deva existir subordinação.

Quando consideramos um funcionário como colaborador, estamos tratando com uma pessoa que participa dos processos internos e damos a ele maior autonomia para tomar decisões de acordo com os regulamentos da empresa, fazendo com que ele se sinta mais do que um simples empregado cumprindo a jornada de trabalho, e isso afeta diretamente a qualidade dos serviços prestados.

3.   Não resolver conflitos pendentes

Na gestão de postos de combustíveis, é necessário manter os colaboradores sempre envolvidos com suas responsabilidades, mas é impossível evitar que ocorram conflitos entre os membros da equipe.

O administrador do posto de combustíveis, antes de qualquer coisa, deve manter sua equipe trabalhando harmoniosamente e, assim, perceber sempre o surgimento de qualquer tipo de conflito, dando a atenção necessária e procurando a melhor solução para dirimir qualquer evento fora do padrão.

4.   Não se dedicar às pessoas da equipe de pessoal

O administrador de qualquer empresa deve demonstrar liderança e não comandar. Portanto, se não estiver sempre presente junto à equipe, não terá condições de liderar, fazendo com que todos possam trabalhar com mais objetividade.

Mantendo sua presença constante, ouvindo os problemas e buscando soluções em conjunto com a equipe, a gestão de postos de combustíveis se tornará muito mais simples, levando maior motivação a todos.

A equipe de colaboradores é a principal responsável pelo sucesso de qualquer empreendimento e, principalmente quando falamos de postos de combustíveis, estamos também falando da satisfação dos clientes. Uma pessoa motivada sempre vai atender melhor do que alguém que está apenas cumprindo com sua função.

5.   Ser amigável em excesso na gestão de postos de combustível

Na gestão de postos de combustível é necessário tomar decisões que nem sempre agradam a todos. Portanto, o administrador deve ser sociável e compreensivo em todos os momentos, mas não deve nunca ser excessivamente amigável.

Mesmo considerando cada membro da equipe como colaborador, é necessário que cada um entenda que existe uma hierarquia e, quando o administrador se mostra excessivamente amigável, pode oferecer condições para que algum membro mal-intencionado possa tirar proveito.

O administrador deve considerar que seu papel dentro da gestão do estabelecimento é a principal forma de manter a ordem e a disciplina, deixando claro a cada membro da equipe que pode ser sociável e amistoso, mas que existe um limite para cada um.

6.   Não dar atenção necessária ao marketing

A concorrência entre postos de combustíveis é bastante acirrada e o marketing é a principal forma de se destacar nesse ramo de atividades. O posto de combustíveis é um tipo de empreendimento que oferece grande lucratividade e o principal objetivo é atrair e fidelizar clientes.

Por isso, na gestão de postos de combustíveis, é necessário dar atenção especial às estratégias de marketing aplicadas, preferencialmente através de uma agência especializada em marketing.

7.   Não apresentar diferenciais

Ainda falando em concorrência, devemos atentar para o fato de que, hoje, qualquer empresa precisa apresentar diferenciais no atendimento para terem maior atenção por parte dos clientes.

Como existem inúmeros postos em cada região ou cidade, cada um deles busca atrair mais a atenção, buscando fidelizar os clientes. Esses diferenciais podem ser apresentados através de maior variedade de prestação de serviços, com um atendimento mais personalizado e com opções que possibilitem atender todas as necessidades dos clientes.

O administrador do posto de combustíveis deve se lembrar do fato de que um cliente satisfeito sempre vai voltar e essa é a melhor maneira de começar o processo de fidelização.

8.   Não fazer o planejamento financeiro

Para conseguir resultados financeiros positivos, que é a principal meta de qualquer estabelecimento comercial, o administrador não pode negligenciar o planejamento financeiro.

Na gestão de postos de combustível é preciso ter um planejamento financeiro detalhado, com metas definidas e com o atendimento adequado a cada investimento que deva ser feito para melhorar a qualidade no atendimento.

Com a aplicação de um planejamento adequado, o administrador não terá surpresas desagradáveis, podendo administrar o estabelecimento com muito mais tranquilidade e segurança.

9.   Não cuidar da segurança

Um dos principais cuidados com a gestão de postos de combustível é com a segurança. Os postos são um dos principais alvos da criminalidade e, portanto, é preciso garantir uma segurança adequada para o estabelecimento.

Uma forma de garantir essa segurança é contratando uma empresa particular de segurança e instalar câmeras de vigilância, garantindo que todos possam trabalhar com mais tranquilidade, além de oferecer essas condições também aos clientes.

10.              Não separar o profissional do pessoal

Um dos grandes erros de proprietários de empresas é misturar as questões financeiras pessoais com as profissionais. Essa mistura impede que se conheça a real situação do empreendimento, ao mesmo tempo em que não limita os gastos do proprietário.

Na gestão de postos de combustível é preciso ter em mente que o estabelecimento é uma entidade e que o proprietário é outra completamente diferente. Estabelecer um limite, portanto, é fundamental, garantindo que o empreendimento apresente resultados cada vez mais promissores.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Ápice. Nós podemos te ajudar a estruturar as finanças do seu posto de combustível.

Sucesso e até breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *