Contabilidade Para Indústria Têxtil - Recuperação Tributária, é Possível?

Contabilidade para indústria têxtil – Recuperação tributária, é possível?

Dentre tantos segmentos, nos pegamos pensando como deve ser a recuperação tributária na contabilidade para indústria têxtil, ou não? Confira com a gente!

A recuperação tributária é uma ação que pode ser tomada por qualquer tipo de empresa. Na contabilidade para indústria têxtil, essa recuperação poderá oferecer melhoria na situação financeira, servindo para novos investimentos e para manter a empresa mais competitiva.

A recuperação tributária se torna possível através das constantes alterações na legislação, possibilitando que os empresários possam fazer uma revisão completa dos impostos recolhidos, analisando o que pode ter sido pago a maior. Muitas das alterações na legislação tributária são a favor do contribuinte e, com isso, benefícios podem estar sendo esquecidos, acarretando uma ainda maior carga de impostos.

Questões sobre a recuperação tributária na contabilidade para indústria têxtil

Algumas questões ainda prendem os empresários, gerando dúvidas sobre a recuperação tributária na contabilidade para indústria têxtil. As principais dúvidas podem ser solucionadas com a assessoria de um contador experiente em tributação, como, por exemplo:

  • Os impostos que podem ser recuperados depois de recolhidos a maior são atualizados pela SELIC, embora cada situação deva ser analisada em separado. Se o empresário conseguir recuperar os últimos 5 anos de impostos a maior, a SELIC deve ser aplicada desde a data do levantamento do imposto;

  • O empresário não deve ter receio de que a recuperação tributária poderá trazer fiscalização para sua empresa. A fiscalização pode ocorrer normalmente, mas não em razão de solicitação de recuperação de impostos;

  • Através da contabilidade para indústria têxtil é possível recuperar créditos de PIS e COFINS. A maior parte das grandes empresas já vem solicitando essa recuperação, devendo apenas analisar cada situação, definindo exatamente o que pode gerar créditos para a empresa;

  • A indústria têxtil, dependendo dos impostos que tenha recolhido, pode solicitar o ressarcimento do ICMS Substituição Tributária. Havendo transações comerciais com empresas de determinados estados, o ICMS pode ser recuperado e descontado nos próximos recolhimentos;

  • Na contabilidade para indústria têxtil pode haver recuperação de créditos de PIS e COFINS na energia elétrica. A legislação permite a utilização integral dos créditos diferentes do ICMS ligados à atividade industrial, diferentemente da atividade administrativa. Assim, a empresa poderá aproveitar o crédito integral desses impostos sobre a energia elétrica nos últimos 5 anos;

  • As Secretarias de Fazenda de muitos estados já estão trabalhando com a homologação dos créditos de ICMS, que podem ser abatidos nos recolhimentos futuros desse imposto. Portanto, a recuperação de créditos tributários é uma medida totalmente legal;

  • Cada estado da Federação possui sua própria legislação tributária, exigindo apenas que o contador, quando fizer o levantamento os impostos recolhidos a maior, analise as formas de utilização do crédito apresentado;

  • Na contabilidade para indústria têxtil é possível recuperar créditos de IPI em aquisições feitas através de atacadistas não contribuintes. Essa recuperação está prevista no artigo 227 do Regulamento do Imposto sobre Produtos Industrializados, que autoriza o crédito de imposto em aquisições originadas de atacadistas não contribuintes, destinados a industriais e equiparados;

  • A recuperação do IPI, segundo a legislação, terá o valor a ser creditado correspondente à aplicação da alíquota a que estiver sujeito o produto adquirido, sobre 50% do valor constante na respectiva nota fiscal.

Na contabilidade para indústria têxtil, portanto, existem diversas possibilidades de recuperação de impostos recolhidos a maior. Para o empresário que ainda possui dúvidas sobre esse procedimento, basta procurar um contador ou um escritório especializado, solicitando que seja feito o levantamento completo dos impostos recolhidos nos últimos 5 anos.

A partir desse levantamento, o contador irá entrar com um pedido de recuperação tributária que será analisado por técnicos dos órgãos públicos e, havendo constatação de que impostos foram recolhidos a maior, a empresa poderá descontar esses valores nos impostos que ainda irá recolher.

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Apice Contabilidade?

Somos uma Contabilidade em Piracaia, especialistas no seu negócio e poderemos ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @ApiceAssessoriaEmpresarial

Sucesso e até logo.


Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *