Comunicação Visual Do Posto

Como definir a Imagem e Comunicação Visual do Posto ?

Um posto de combustíveis pode ser um negócio extremamente lucrativo. Entretanto, é preciso ter em mente que, por melhor que seja um produto ou serviço, ele não se vende sozinho. Principalmente por haver uma grande variedade de postos espalhados pelas cidades, é fundamental investir com inteligência em diferenciais, como o impacto visual causado pela boa aparência de seu negócio.

Você já pensou como seu cliente vê seu posto? Em um mundo em que a primeira impressão é a que fica, é indispensável ter uma ótima imagem do posto, seja na identidade visual do posto, na sinalização ou até mesmo na sua loja de conveniência.

O principal critério de julgamento de um cliente é o aspecto visual do posto representado pela comunicação visual.

Vamos aos fatos …

Dificilmente um motorista confia nos combustíveis de postos que têm uma apresentação ruim. Uma identidade visual mal feita gera no possível cliente o medo da gasolina adulterada.  Se você dirige, provavelmente já passou pela situação em que está precisando abastecer o carro e não entra em determinado posto porque ele tem um acabamento ruim, ou não tem placas, ou parece muito sujo e mal cuidado. Ou seja, uma boa identidade visual é sinônimo de combustível de qualidade.

Painel_LED_

Quanto investir em Comunicação Visual? A comunicação visual é a ferramenta de comunicação mais utilizada em uma revenda de combustível. Cerca de 80% dos investimentos em divulgação do posto são gastos em painéis de LED, faixas, placas e totens. Isto ocorre porque a grande maioria dos postos busca atrair os clientes “passantes”, ou seja,  os motoristas que podem vir abastecer no posto caso a oferta/ preço seja interessante e a melhor forma de chamar atenção é através de um “anúncio” em mídia exterior.  É preciso impactar o público-alvo e identificar quais mídias (lona, testeiras, painéis, totem) podem resultar no melhor alcance possível.

Para que uma ação em comunicação visual seja efetiva, é necessário que haja um planejamento, de forma que os consumidores certos sejam impactados e que os produtos e preços atrativos sejam comunicados da forma correta.

Projeto

Cuidados Básicos para a Imagem e Comunicação Visual do Posto

Manutenção em Geral – O ramo de postos de combustíveis está repleto de empresários que não dão atenção às características mais básicas de seu espaço. Paredes com pintura descascando, portas estragadas, sinalização ruim, entre outras. São vários os itens que, por mais simples que pareçam, mudam totalmente a aparência do posto. Crie o hábito de avaliar periodicamente a pintura das paredes e do chão do posto. Não deixe que o ambiente desenvolva uma aparência que indique sujeira e malcuidado. O primeiro passo para que um cliente confie na qualidade do produto que uma empresa vende é constatar que o local está limpo e preservado.

Um posto de combustíveis possui uma infinidade de objetos e equipamentos destinados a diferentes tarefas, desde baldes e panos até máquinas de cartões e itens do caixa. De nada adianta criar um espaço intuitivo de movimentação para os veículos se sua equipe não mantém a organização, deixando objetos espalhados em locais onde não deveriam estar. Por isso, manter o posto bem organizado causa uma ótima impressão quanto ao seu funcionamento. Além de mostrar de forma clara aos clientes que o serviço é realizado de forma séria, essa ação elimina o risco de perda de equipamentos importantes, como as máquinas de cartão, ou mesmo o atraso no atendimento.

A organização é um dos pilares de sustentação de uma equipe eficiente. Por melhor que sejam os profissionais, um ambiente bagunçado atrapalha o seu serviço. E quando o assunto é um posto de combustíveis, vale lembrar que toda a dinâmica interna está visível aos clientes. Já imaginou se o cliente não consegue realizar o pagamento simplesmente porque o frentista não encontra a máquina de cartão?

Fique atento aos seguintes procedimentos:

  • Substitua itens danificados ou quebrados.
  • Mantenha áreas de circulação incluindo pista, área de serviço, loja de conveniência, lavação, troca de óleo e banheiros limpas e organizadas.
  • Cuidados como a retirada dos lixos e limpeza do piso
  • Elimine placas velhas e desgastadas, pois isto comunica desleixo para seus clientes.
  • Troque lâmpadas queimadas e testeiras desbotadas pelo sol e pela chuva

Principais erros e problemas nas fachadas dos postos de Combustíveis:

Totem_Posto

Sinalização de Preço –O posto é obrigado a exibir os preços dos combustíveis bem visíveis em painel logo na entrada, dia e noite. O preço de um combustível exibido no painel deve ser igual ao cobrado na bomba. A ausência da informação de preços é um dos maiores erros cometidos pelos postos de combustíveis. De acordo com a ANP esta informação é obrigatória e evitam que o consumidor tenha surpresas na hora de pagar. Coloque totens de preços, placas grandes, legíveis e direcionadas para todos os lados de onde possa vir fluxo de veículos.

Forma de Pagamento – O posto deve sempre informar ao cliente as formas de pagamento, se aceita ou não os cartões de crédito e débito e quais os valores de cada combustível de acordo com a forma de pagamento. Adesivos e placas com as bandeiras dos cartões aceitos devem ficar bem visíveis principalmente para os clientes que estão dentro do carro no momento do abastecimento. Se o posto aceitar somente pagamento em dinheiro é muito importante que isto seja comunicado de forma ostensiva através de placas e adesivos.

Indicação de Entrada e Saída de Veículos – A disposição dos carros dentro do estabelecimento interfere diretamente na experiência do cliente enquanto está abastecendo. Não há nada pior que um motorista que entra em um posto de combustíveis e não sabe exatamente para onde deve ir. Alinhamento ruim das bombas ou entrada numa posição muito desfavorável transforma o ato de abastecer em um momento de estresse. A falta de indicação de entrada e saída de veículos pode causar uma enorme confusão de veículos que podem resultar em acidentes e atropelamentos. Para evitar estes acidentes faça a sinalização no chão e, dependendo do local, instale placas de sinalização ou faça elevações na pista de entrada para guiar o motorista de maneira correta. Evite, também, colocar a saída muito perto da entrada. O trânsito de veículos acaba gerando situações desconfortáveis para a circulação dos clientes e pode até causar acidentes.

Tipo de Combustível Vendido – O abastecimento de veículos com o combustível errado constitui em um dos piores erros de operação do posto. Já imaginou a revolta do motorista de uma caminhonete a diesel que foi abastecida com gasolina? Além da grande insatisfação do cliente o valor para “retirar” o combustível errado pode ser muito caro. O motorista deve saber de forma intuitiva para onde ir e em que bomba abastecer. É fundamental que a orientação do tipo de combustível vendido seja sinalizada na própria bomba de abastecimento e também nas colunas do posto.

O posto deve informar claramente de qual empresa vêm os produtos que vende. Postos de bandeira branca (sem distribuidora exclusiva) devem informar – em cada bomba – qual distribuidora forneceu o combustível. Esta informação pode ajudar no rastreamento de eventuais irregularidades.

Quando a gasolina, o etanol ou o diesel forem aditivados, o posto deve expor claramente esta informação na bomba de combustível.

Ausência de Sinalização Obrigatória – Existem inúmeras placas e adesivos obrigatórios que devem ser fixados em um posto de combustível. ANP. Procon, Conama, MTE, Bombeiros são exemplos de órgãos fiscalizadores que exigem uma sinalização preventiva. Não deixe que as placas de sinalização fiquem “desbotadas e desgastadas” pois transmite um imagem negativa do posto.

 LEIA TAMBÉM:NOVIDADE ARXO – Soluções completas em Comunicação Visual e Lojas de Conveniência

Postos Clones – É o estabelecimento que utiliza cores, padronização na fachada, uniformes e demais itens de comunicação visual de redes de marcas de credibilidade do público, como, por exemplos, postos BR (Petrobrás) e Shell, amplamente conhecidos dos consumidores. A diferença está no combustível vendido ao cliente, que não têm a mesma qualidade da marca apresentada, sendo oriundo de outra distribuidora. Isto é crime e deve ser evitado.

Falta de Iluminação – Quem dirige à noite costuma ser guiado, basicamente, pelas luzes de trânsito. Se possível, instale placas iluminadas ou com pintura reflexiva. Não arrisque perder um cliente devido à falta de visibilidade noturna do posto. Ninguém se sente atraído a parar seu veículo em um posto escuro. Um estabelecimento bem iluminado remete diretamente a um local seguro. Isso vale tanto para o posto quanto para os pontos de exposição da sua marca. Invista em lâmpadas de LED, pois, além de serem mais econômicas e duráveis, são mais eficazes.

O uniforme como fator de comunicação visual – O uniforme é uma importante ferramenta de marketing e estratégia de diferenciação dos seus concorrentes. A logomarca do posto no uniforme ajuda a divulgar a marca e a imagem da empresa. A correta identificação dos funcionários passa segurança e confiança aos consumidores transmitido a impressão de que se trata de um posto sério e organizado, que conta com uma equipe com alto padrão de qualidade e cujos empregados foram treinados para estar ali, em uma situação duradoura. Nesse contexto, disponibilizar uniformes personalizados com a logomarca do posto, com tecidos apropriados e de qualidade e que estejam sempre limpos é demonstrar bom gosto e respeito pelos funcionários e pelos próprios clientes.

Queremos ajudá-lo no seu projeto de Comunicação Visual ? A empresa ARXO Oferece desenvolvimento e produção de recursos de comunicação visual, como coberturas, testeiras, displays e totens. Além disso, a Arxo passa a oferecer o desenvolvimento de identidade de marca, projetos gráficos e inovação de produtos, entregando soluções completas para implementação ou revitalização de lojas de conveniência, como mobiliários, equipamentos e até mesmo o gerenciamento da obra.

Fonte: Brasil Postos

Esse post tem2 comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *